Existência
(OlhosDe£in¢e)

(declamação: Kondor)

Mais um dia chega ao seu final,
mais uma vez o sol prepara-se para adormecer,
vai despindo com elegância seus raios,
faz do céu a sua tela,
usando as cores quentes da vida.

Pensativa, observo a grandeza do astro-rei,
que em sua imponência,
contrasta com os blocos cinzentos,
que altivos tentam competir na beleza do cenário.
Encantada reconheço a beleza da vida,
na magnitude da Mão de Deus.

Meu olhar enigmático,
ilumina-se ao reativar a minha certeza,
de que a vida é uma dádiva,
e, que cabe a mim, a você, a todos nós,
a cada novo dia captar a sabedoria,
que encontra-se embutida em nosso erros,
em nossos enganos, em nossas atitudes,
em nossas posturas e em nossos sentimentos.

O Sol calmamente vai despindo suas vestes,
parece até que sorri para mim...
Verdade!
Parece que diz:
"- Espere pelas estrelas e pela lua.
Sonhe no cintilar das estrelas, e
deixe-se embalar no colo da lua.
Sonhe... Sonhe...
Enquanto, eu, o Sol,
descanso para que logo mais,
quando você acordar,
receba o meu sorriso,
indicando que a vida continua,
e que você é autora de sua história".

Curitiba, 1 de fevereiro de 2006

**********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e


webdesigner:
*Ja(Mulher)*